[Resenha] Divergente - Veronica Roth

Título: Divergente
Série: Divergente
Autora: Veronica Roth
Páginas: 504
Editora: Rocco Jovens Leitores
Lançamento: 2012
Nota: 4/5
Skoob
Numa Chicago futurista, a sociedade se divide em cinco facções – Abnegação, Amizade, Audácia, Franqueza e Erudição – e não pertencer a nenhuma facção é como ser invisível.
Beatrice cresceu na Abnegação, mas o teste de aptidão por que passam todos os jovens aos 16 anos, numa grande cerimônia de iniciação que determina a que grupo querem se unir para passar o resto de suas vidas, revela que ela é, na verdade, uma divergente, não respondendo às simulações conforme o previsto.
A jovem deve então decidir entre ficar com sua família ou ser quem ela realmente é. E acaba fazendo uma escolha que surpreende a todos, inclusive a ela mesma, e que terá desdobramentos sobre sua vida, seu coração e até mesmo sobre a sociedade supostamente ideal em que vive.
"Acredito nos atos simples de bravura, na coragem que leva uma pessoa a se levantar em defesa de outra."

Nesse livro, vemos um mundo muito diferente do que conhecemos, a história se passa em uma Chicago futurista onde a sociedade está dividida em cinco facções: Abnegação, Erudição, Audácia, Franqueza e Amizade.

Os membros da Abnegação consiste em um grupo de pessoas que não pensam em si mesmas de modo algum, pensam no bem-estar do próximo, por esse motivo eles acabam sendo os líderes do governo responsável por essa sociedade.

Na Erudição se encontram as pessoas que estão sempre em busca de mais conhecimento, aqueles que são sedentos pelo saber, é onde são criadas as tecnologias utilizadas pela sociedade assim como todos os seus avanços tecnológicos.

A Audácia é formada pelos membros que estão em busca de aventura, eles são os corajosos da sociedade, admirados por muitos, são os responsáveis por proteger a cidade, assim como muitas vezes agem como guardas a fim de amenizar conflitos.

Os que escolhem a Franqueza como sua facção prezam a verdade acima de tudo, falam sem pensar muito no que a outra pessoa vai sentir ao ouvir aquilo, por esse motivo eles são os juízes dessa sociedade.

Quem vive na Amizade, é responsável por manter a cidade com suas produções, eles são os agricultores e raramente possuem problemas com as pessoas de outras facções.

Fora desses grupos temos ainda dois outros grupos que são compostos pelos Divergentes e os Sem-Facção.

Os Divergentes são vistos como um perigo para a sociedade, são os membros que possuem aptidão apra mais de uma facção. Normalmente quando um divergente é descoberto ele é eliminado, antes que possa fazer algo que possa ameaçar esse delicado equilíbrio.

Os Sem-Facção são aqueles que não conseguiuram passar em todas as etapas para pertencerem à sua nova facção, e não podem voltar para a antiga mais, eles vivem na miséria em meio as ruas, muitas vezes dependendo da bondade dos membros da Abnegação.

Com 16 anos de idade, vemos os membros dessa sociedade terem a chance de escolher o seu destino, ao decidir em que facção irão viver para o resto de suas vidas, se é naquela em que nasceram, ou na que gostaria de pertencer?

Vemos uma luta grande na vida de Beatrice Prior, que está tentando se manter na lista da Audácia a fim de não virar uma Sem-Facção enquanto temos um membro importante de uma outra facção conspirando contra a fim de derrubar o governo que vive na Abnegação.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os direitos reservados @2016 - Programação: Algodão Doce Design