Os pais que se destacaram nas séries...

O dia dos pais está aí, e claro que a gente não podia deixar de lembrar daquelas figuras paternas que talvez tenham nos ensinado alguma lição importantte, ou nos deram tanto medo que ficamos felizes em não ser filhos deles, mas o importante é dizer que lembramos de vocês queridos pais.


Vamos combinar, existem aqueles pais que desde a sua primeira aparição nas séries, a gente cria um ódio quase instantâneo - e ficamos torcendo para que aquele personagem morra logo.

Mas também existem aqueles que estão ali para nos mostrar que nem todos eles são ruins e você bem que queria que ele fizesse parte da sua família.


Então vem ver alguns pais que se tornaram tão queridos que muita gente virou fã deles e queria fazer parte daquela família, mesmo que só por um dia.

15 - Phil Dunphy (Morden Family)

Ele é o principal modelo de pai 'legalzão' que parece ter a mesma idade mental que seu filho mais novo, sendo visto na maioria das vezes como um cara bobo e mole. Mas tudo o que ele faz  - quando acerta ou erra - é para o bem de sua família, e quando as coisas não dão muito certo ou algum dos filhos precisa levar uma bronca, ele sabe que sua mulher está ali fazer isso.
14 - Nathan Scott (One Tree Hill)

Além de pai e filho eles são bons amigos, Nathan é do tipo atencioso, carinhoso e responsável, está semrpe ao lado do filho cuidando para que nada de ruim aconteça com ele, sempre que possível está ao lado do garoto jogando basquete com ele, ou lhe ensinando valores - que não lhe foram ensinados quando criança - mas Nathan é o tipo de pai que conta histórias para o filho dormir e o consola quando está triste.
13 - David Nolan (Once Upon a Time)

Se tem uma coisa que parece não importar para David é o fato de ele ter aparentemente a mesma idade da filha, afinal, para ele não importa muito os anos perdidos por causa da maldição, ele sempre está disposto a enfrentar tudo e todos por sua 'pequena', e a idade próxima ainda deu a eles um grande presente, a amizade deles, seja para conselhos sobre como agira em situações de perigo ou até mesmo em situações amorosas. E vemos o quanto a maldição privou Emma de um pai protetor quando o pequeno Neal nasce.
12 - Rick Grimes (The Walking Dead)

Carl tem sorte de ter um pai tão dedicado, afinal, ele enfrentou muita coisa para encontrar o filho e a esposa, e não foram poucas as vezes que Rick o salvou e o ensinou a se virar em meio a um apocalipse zumbi. E não só com carl, Rick sempre tenta salvar o seu grupo que acabou se trnando uma grande família, e muitas vezes por causa das decisões tomadas por ele é que eles sobreviveram a muitos prigos e ordas de zumbis, por mais que tenha muitas vezes tenha tentado salvar muito mais gente - muitas vezes que nem mereciam ser salvas - o que nos mostra que mesmo em meio ao Caos, Rick continua tentando ser justo. Sofia não teve a mesma sorte...

11 - Sheriff Stilinski (Teen Wolf)
Além de proteger a cidade e os jovens e crianças de outros pais, o Sheriff Stilinski tem um senso de proteção único com seu filho problemático Stiles. Não que Stilles faça isso por querer, mas ele sempre está envolvido com problemas, ele atrai as coisas para si, ao menos é isso o que nós conseguimos ver com muita frequência, e não basta só tirar os filhos das enrascadas em que ele se mete, quando ficou sabendo de todo o mundo sobrenatural ele não deu pra trás ou fugiu, muito pelo contrário, só fico mais alerta - e muitas vezes entendendo melhor os crimes que aconteciam - afinal, não é porque seu filho anda com um lobisomem que ele é irresponsável, ou por que o outro é um lobisomeme que não precisa de uma proteção policial.
10 - Jonathan Kent (Smallville)

Ser pai de um jovem com poderes não deve ser nada fácil, mas Jonathan consegiu cumprir bem esse papel, além de guardar o segredo do filho - que muitas vezes não estava presente enquanto salvava o mundo - ele criou Clark com um grande senso de justiça, companherismo e compreensão, ajudando seu filho a tomar decisões que muitas vezes afetaria mais pessoas, afinal, ele sempre estava tentando salvar o mundo do mau.
9 - Derek Shepherd (Grey's Anatomy) 

Quem nunca se derreteu com esse pai amoroso que assim que adotou Zola já mudou completamente a sua forma de agir, e fez com que todos se derretessem junto com esse relacionamento super fofo, afinal, quem consegue não admirar um homem que colocava uma tiara de princesa pra brincar com sua filha enquanto ela servia chá? Até porque logo que ele conhece Zola, ele já sugere para Meredith que os dois deveriam adotar a garota, e o relacionamento dele com a pequena é uma amor, parece que de fato foram feitos um para o outro.

8 - Rufus Humphrey (Gossip Girl)

Rufus é o tipo de pai que faz o melhor para os seus filhos - ou tenta - mas deixa claro que diferente de muita gente da escola de seus filhos a condição financeira deles não é das melhores, mas nada os impede de serem felizes. Rufus está muito mais presente na vida dos filhos do que os pais ricos dos colegas de seus filhos, mas Rufus sempre lembrava os filhos que mesmo não tendo um poder aquisitivo alto, isso nãof azia deles menos do que os colegas. É o tipo de pai que está ali para dar bons conselhos e sábias broncasnos filhos.
7 - Sandy Cohen (The O.C.)

Ele é o tipo de pessoa que tem um coração enorme, afinal nao é qualquer um que tiraria Ryan da cadeia e o levaria para dentro de casa - adotando-o mais tarde. Mas logo de cara já vemos que Sandy é o tipo de pessoa que gosta de fazer o bem para os outro, ao levar o garoto pra casa ele lhe dá um lar e uma família, enquanto seu filho Seth ganha um novo irmão e sua esposa mais um filho. Ele sempre está bastante envolvido com seu trabalho, mas não mede esforços para fazer algo bom pela família e procura garantir  a seus filhos o melhor no sentido de escola e casa. É um cara compreensivo, mas que faz questão de demonstrar que o amor não lhe faz passar a mão na cabeça dos filhos e relevar erros, assim como toda atitude tem uma consequência.
6 - Joe West (The Flash)

Ele não tem uma ligação de parentescom com Barry, mas quando sua mãe é assassinada e seu pai preso, logo o detetive adota Barry e o leva para morar conm ele e sua filha Iris, é fácil entender como no início a relação deles é complicada, afinal o garoto está traumatizado de ter visto a mãe ser assassina, mas isso não faz com que Joe desista dele, pelo contrário, elecria o rapaz muito bem e ainda o ajuda a se tornar um cientista forense. Quando Barry descobre seus poderes, Joe é o primeiro a apoiá-lo, mas está ali para puxar a orelha quando as escolhas do garoto são bem erradas, ele é a figura paterna cúmplice para as aventuras e enrascadas, e não mede esforços  para proteger aqueles que ama.
5 - Burt Hummel (Glee)

Quem iria imaginar que o mecânico com cara de durão iria aceitar tão bem o seu filho assumir que era gay? Ele perdeu a mulher muito cedo, e com isso teve que ser pai e mãe para seu filho, e sempre soube da opção sexual dele, mesmo que eles nunca tivessem tocado no assunto abertamente. Ele torce pelo filho e o apoia em tudo mesmo quando é um pouco fora do convencional - como quando ele joga futebol americano ao som de Beyoncé -, é o tipo de pai que grita e defende os direitos do filho quando é atacado por ser homessexual, a maior prova disso é que ele junta todo o dinheiro que tem para pagar uma escola particular e livrar o filho do bullying. Ele reencontra o amor e se empenha em fazer esse novo relacionamento dar certo buscando não só a sua felicidade como também a do filho junto com essa nova família, ele ainda faz todos os fãs da série quase morrerem quando está em estado grave no hospital.
4 - Eddard Stark (Game of Thrones)

Ele sempre colocou o interesse dos filhos - incluindo do bastardo - em primeiro lugar,e sempre procurou ensinar a eles a serem leais a si mesmos e honrados. Ele sempre procurou fazer o que é certo, mas protegendo a sua família e os poupando de se envolverem nas grandes brigas do reino. Os Starks tiveram muita sorte de teres Eddard como pai, porque não são muitas as figuras paternas exemplares pesentes em Westeros.
3 - Mark Sloan (Grey's Anatomy)

Dos pais que vemos na série, ele talvez seja o que mais tenha mudado desde a sua primeira aparição, afinal, quem ia imaginar que aquele médico que adorava seduzir as mulheres - sem se importar se eram casadas ou não - iria ddecidir que queria formar uma família e mudar completamente? Em meio a tudo isso ele encontra sua primeira filha, mas ela já é adulta e ele acaba não podendo curtir muito ela, mas aí vem a pequena Sophia, fruto de uma amizade colorida com Callie, é nesse momento que vemos como Mark é umpaizão, atencioso, cuidadoso, respeitador, fofo e melindroso. Quem não ficou emocionado quando ele descobriu que ia se pai? E a quantidade de risadas quando ele teve que cuidar da pequena Sophia sozinho e isso incluía tudo - trocar fralda, dar banho, fazer comida, etc - é uma pena ele não ter acompanhado o crescimento da menina, mas com certeza ele teria sido um pai atencioso e ciumento.
2 - Julius (Todo Mundo Odeia o Chris)

Você não queria estar no lugar dele, afinal, o cara tem dois empregos e ainda precisa ficar aguentando as explosões de Rochelle e relevar quando ela simplesmente resolve largar um emprego. Quem nunca morreu de rir com ele falando o preço de cada coisa comprada na casa? Não que dinheiro seja algo que está sobrando para aquela família, mas ele sempre procura agradar sua família, mas com moderação. Ele é o tipo de pai que arranca risadas de todo mundo, e ele está disposto a defender seus filhos quando necessário. Claro que no meio da confusão que é a sua vida ele sempre consegue tirar um cochilo e nem pense em fazer algum barulho nesse momento.
1 - Richard Castle (Castle)

Sejamos sinceros, acho que não existe um exemplo melhor de paizão do que o Castle, tudo bem que ele é bem brincalhão e muitas vezes imprudente - e a Alexis muitas vezes parece ser a responsável por ele e não o contrário - mas quando algo acontece com sua família e o pai Castle entra em ação não deixa margem para dúvidas. Alexis é tão responsável que o pai dela por vezes tenta fazer com que ela se divirta mais, fique até tarde da noite na rua, tome alguns porres, e claro ele sempre tenta pegá-la despreparada dentro de casa em uma guerra de laser tag. Mas quando algo ameaça a segurança de sua filha, Castle está disposto a fazer o possível e o impossível para salvá-la, não importa valores ou quantas leis ele terá que burlar, tudo o que ele quer é a sua pequena - nem tão pequena - menina segura.
E aí, tem algum pai que esquecemos de falar?


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os direitos reservados @2016 - Programação: Algodão Doce Design