[Resenha] Luz e Trevas - Elle Casey

Título: Luz e Trevas
Série: A Guerra dos Fae
Autora: Elle Casey
Páginas: 384
Editora: Geração Jovem
Lançamento: 2014
Nota: 4/5
Skoob

Os fae da luz em combate contra os fae das trevas jayne sparks está mais destemida do que nunca!
O terceiro volume da série “GUERRA DOS FAE, LUZ E TREVAS”, é uma vitória definitiva do estilo de Elle Casey nesta saga consagrada pelo sucesso entre os leitores jovens americanos e brasileiros.
Jayne Sparks está mais destemida, engraçada e rebelde do que nunca, tendo que enfrentar os problemas causados acidentalmente pelo duende Tim, aprender a manipular melhor seus poderes com O Verde, conhecer traições de um grande amigo e descobrir quais são os motivos secretos pelos quais há uma guerra incessante entre Faes das Trevas e Faes da Luz.
Seus poderes podem torná-la vulnerável às manipulações dos Fae das Trevas, e ela poderá torna-se prisioneira de forças inimigas. Mas sua astúcia sempre estará lá. Acompanhe agora esta terceira parte agitada e emocionante.

"Rapidamente escondi Tim na frente de minha túnica, rezando para que não o estivesse machucando, e me levantei de um pulo para receber a dupla."

Sejamos sinceros que a cada livro novo dessa série nos surpreendemos mais ainda com as evoluções da trama, no anterior vimos a correria em que Jayne e seus amigos se meteram para que Tony se tornasse uma criança trocada - mesmo já tendo recusado isso - agora é fácil perceber que ele já se adaptou a essa nova realidade.

Vemos a evolução de todos ele em seus treinamentos é visível logo de cara, mas também percebemos que a cada passo mais próximo da guerra os treinamentos parecem estar ficando mais pesados, mas ao mesmo tempo vemos como Jayne e seus amigos preferem continuar tendo vários segredos e não confiam nos faes mais experientes para lhes ajudar a resolver as coisas o que resulta em uma imensa confusão - e nesse livro - na perda de um amigo muito querido e que faz falta no decorrer da trama.

O reaparecimento de alguns personagens como Samanta e também como alguns faes preferem não se juntar diretamente a um lado como a bruxa Maggie, que ajuda os dois lados desde que isso seja conveniente para ela e seus próprios objetivos.

Jayne não muda muito em sua personalidade, pelo contrário, ela continua sendo uma garota um tanto atrevida e que gosta de desrespeitar as regras, o que muitas vezes se mostra perigoso para ela e os outros, ela tende a continuar agindo sem pensar muito nas consequências de seus atos e de como isso pode interferir de algum modo na rotina dos outros faes, que ela constantemente faz questão de chamar de família.

A relação de Jayne e Spike aflora um pouco e vemos que os dois apesar de todas as provocações se importam com o outro de uma forma a querer o bem acima dos desejos, Tim continua sendo um dos personagens mais engraçados do livro, mesmo que se mostre bastante misterioso quando o assunto é seu passado, já Tony é um personagem que se enturma facilmente com os Fae da Luz, mostrando ideias interessantes e até obtendo um cargo importante entre eles.

A pergunta que fica no final desse livro é, o que vai acontecer no final dessa guerra e até onde cada um está disposto a se sacrificar para ser o lado vencedor? Afinal, no decorrer da trama vemos que essa linha que separa os Fae da Luz dos Fae das Trevas é bem confusa e que muitas vezes um fae simplesmente muda de lado.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os direitos reservados @2016 - Programação: Algodão Doce Design