[Resenha] Mau Começo - Lemony Snicket

Título: Mau Começo
Série: Desventuras em Série
Autor: Lemony Snicket
Páginas: 152
Editora: Companhia das Letras
Lançamento: 2001
Nota: 4/5
Skoob
'Mau começo' é o primeiro volume de uma série em que Lemony Snicket conta as desventuras dos irmãos Baudelaire.
Violet, Klaus e Sunny são encantadores e inteligentes, mas ocupam o primeiro lugar na classificação das pessoas mais infelizes do mundo. De fato, a infelicidade segue os seus passos desde a primeira página, quando eles estão na praia e recebem uma trágica notícia.
Esses ímãs que atraem desgraças terão de enfrentar, por exemplo, roupas que pinicam o corpo, um gosmento vilão dominado pela cobiça, um incêndio calamitoso e mingau frio no café da manhã.
É por isso que, logo na quarta capa, Snicket avisa ao leitor: 'Não há nada que o impeça de fechar o livro imediatamente e sair para uma outra leitura sobre coisas felizes, se é isso que você prefere'.
"Nessa manhã de que estamos falando, o dia se mostrava cinzento e nublado, o que não importava nem um pouco aos jovens Baudelaire."

Logo de cara já vemos um livro bem diferente do que estamos acostumados, afinal, são poucos os livros onde o narrador para de contar a história para passar ao leitor provas do que está acontecendo assim como de passar a sua opinião pessoal sobre coisa que estão acontecendo.

Mas vamos lá, no livro Mau Começo, nós ficamos conhecendo os três irmãos Baudelaire, jovens ricos, inteligentes e felizes, ao menos nas primeiras páginas até que a história deles mude completamente e ele se vejam meio perdidos em meio a tramas maquiavélicas.

O dia começou como qualquer outro paara os três irmãos, até que foram surpreendidos na praia por Sr. Poe, o banqueiro responsável pela fortuna da família, que chega até eles para lhes dar a triste notícia de um incêndio destruiu a casa em que moravam assim como levou a vida de seus pais. Eles passam alguns dias morando na casa do Sr. Poe, até que o homem arrume onde eles vão ficar - como pedido no testamento dos pais com algum parente - mas logo eles são enviados para a casa do Conde Olaf.

Os jovens - e agora órfãos - Baudelaire se dão bem e sempre estão dispostos a fazer o melhor para eles. Violet é a mais velha dos três irmãos, mas ainda é menor de idade e não pode tomar conta da fortuna herdada por eles para que tenham uma vida boa - ou ao menos mais tranquila - ela possui uma habilidade e interesse incrível para criar coisas. Klaus é o irmão do meio, o único homem dos três, mas um garoto extremamente inteligente, adora estar envolvido em alguma leitura diferente, possui memória fotográfica e por isso lembra de tudo o que já leu e sabe um pouco de várias coisas. Sunny ainda não passa de um bebê, mas com seus quatro dentes adora morder as coisas, mesmo fazendo barulhos que quase ninguém consegue entender, Sunny consegue se comunicar bem com seus irmãos.

Conde Olaf é o seu novo tutor - um parente distante - que também é um ator bem ruim, mas que adotou as crianaçs já com uma segunda intenção, a de colocar as mãos na herança, ele é o tipo de vilão que não é completamente mal, ele é destrambelhado e muitas vezes engraçado, faz muitas coisas cruéis, mas ao mesmo tempo ensina as crianças a serem mais desconfiadas, já que ele mesmo sempre esta tramando algo.

é um livro bem rápido de ler, mas trás uma história gostosa e envolvente, que mesmo sendo cheia de coiss ruins são capazes de agradar ao leitor.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os direitos reservados @2016 - Programação: Algodão Doce Design