[Resenha] Bem-vindo à Academia dos Caçadores de Sombras - Cassandra Clare e Sarah Rees Brennan

Título: Bem-vindo à Academia dos Caçadores de Sombras
Série: Contos da Academia dos Caçadores de Sombras
Autoras: Cassandra Clare e Sarah Rees Brennan
Páginas: 72
Editora: Margaret K. McElderry Books
Lançamento: 2015
Nota: 3/5
Skoob
Depois de viver como um mundano e um vampiro, Simon nunca pensou que se tornaria um Caçador de Sombras, mas hoje ele começa sua formação na Academia.
Simon Lewis foi muitas coisas. Um mundano. Um vampiro. Um herói. Mas não se lembra de nada disso.
Suas lembranças das aventuras com Clary, Isabelle e o resto dos Caçadores de Sombras de Nova York foram apagadas por um demônio, e agora Simon está ansioso para recuperar parte de si mesmo.
Mas ele conseguirá de votla o que perdeu? É isso mesmo o que ele quer?
"Qual era o motivo de ele estar tão completamente despreparado para fazer as malas para um campo de treinamento de elite onde matadores meio-anjos de demônios que eram conhecidos como Caçadores de Sombras tentariam moldá-lo em um membro de sua própria raça guerreira."

O problema desses livros complementares de alguma série já conhecida é que muitas vezes eles não são lançados no Brasil como livros físicos, então é por isso que nesse caso a capa e a editora se referem à versão americana.

O livro conta uma realidade que aconteceu depois de toda a série de Os Instrumentos Mortais, agora, Simon, mesmo sem recordar de tudo o que viveu ao lado dos amigos, está se esforçando para aprender a lutar e se tornar um Caçador de Sombras, é fácil perceber que para ele é estranho estar perto de seus amigos, já que ele não tem lembranças deles, mas ainda sim tem sentimentos ao redor deles.

Muitas coisas parecem confusas para Simon, mas isso só parece motivá-lo cada vez mais para tentar recuperar suas memórias assim como ser digno dos amigos que conquistou - mesmo que não lembre ou saiba ao certo como isso aconteceu.

O livro nos mostra ainda como Simon, por mais que queira fazer a coisa certa e ser visto como um herói de novo, ele ainda e inseguro, tem medo de decepcionar as pessoas, e por mais que tudo dê certo ele sabe que não vai voltar a ser como antes de ter perdido a memória e mesmo se recuperá-la ele ainda vai ser alguém diferente.

Percebemos então que Simon ainda tem vagas lembranças do que lhe aconteceu, assim como dos lugares em que já esteve, mesmo tendo ajudado a salvar o mundo ele ainda sabe reconhecer que Caçadores de Sombras não são de fato melhores do que mundanos ou seres do submundo e não deveriam ser tratados como inferiores.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os direitos reservados @2016 - Programação: Algodão Doce Design