[Resenha] Junho - Audrey Carlan

Título: Junho
Série: A Garota do Calendário
Autora: Audrey Carlan
Páginas: 160
Editora: Verus
Lançamento: 2016
Nota: 4/5
Skoob
O sexto volume do fenômeno editorial nos Estados Unidos, com mais de 3 milhões de cópias vendidas.
Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato.
A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil.
Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser...
Mia vai passar o mês de junho em Washington com Warren, um coroa rico que precisa de uma mulher a seu lado para tratar com políticos e investidores. O acordo entre eles não envolve sexo — já com Aaron, o filho de seu cliente, Mia não pode garantir.
"Tinha algo a ver com o fato de a admiração escancarada ser proibida para alguém de seu calibre e status."

Nesse livro Mia foi contratada para fazer o papel de namora da troféu para um senhor mais velho - mais velho que o pai de Mia - mas ela percebe que acabou caindo em um mundo onde isso é normal, já que no primeiro evento em que participa ela percebe que todas as 'namoradas' dos empresários tem idade para serem suas filhas ou netas.

Desde o início da trama esse é o primeiro que mostra a parte feia da profissão que Mia teve que abraçar pra quitar a dívida de seu pai, e como muitas vezes pessoas que possuem dinheiro querem esconder esse lado atrás de algum valor, comprando o silêncio da vítima.

O livro ainda mostra que a relação que Mia acaba desenvolvendo com seus clientes vai muito além do serviço de acompanhante, eles de fato se tornam amigos e família, esse ponto é bem claro quando ela se encontra com Mason por acas - sendo salva por ele e Rachel - e Tai que viaja para estar ao lado dela assim que fica sabendo do que aconteceu, mesmo que esteja super feliz com a nova namorada.

Mais uma vez a protagosnista resolve agir como cupido, nesse ponto fazendo um bom trabalho ao mostrar para seu cliente que um relacionamento não deve ser mantido escondido, se ele de fato se sente feliz com aquela pessoa vale a pena arriscar para que os dois sejam felizes.

O ponto que vem ficando chato no lvro é essa relação de com Wes, Mia, não consegue deixar de pensar nele, morre de ciúme, mas faz questão de negar todas as vezes em que ele oferece para pagar a sua dívida.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os direitos reservados @2016 - Programação: Algodão Doce Design