[Resenha] Silêncio - Richelle Mead

Título: Silêncio
Autora: Richelle Mead
Páginas: 280
Editora: Galera Record
Lançamento: 2016
Nota: 4/5
Skoob
Um romance de fantasia e aventura da mesma autora de Vampire Academy.
Pelo que Fei se lembra, nunca houve um ruído em seu vilarejo — todos são surdos. Na montanha, ou se trabalha nas minas ou na escola, e as castas devem ser respeitadas. Quando algumas pessoas começam também a perder a visão, inclusive a irmã de Fei, ela se vê obrigada a agir e a desrespeitar algumas leis.
O que ninguém sabe é que, de repente, ela ganha um aliado: o som, e ele se torna sua principal arma. Ao seu lado, segue também um belo e revolucionário minerador, um amigo de infância há muito afastado em função do sistema de castas.
Os dois embarcam em uma jornada grandiosa, deixando a montanha para chegar ao vale de Beiguo, onde uma surpreendente verdade mudará suas vidas para sempre. Fei não demora a entender quem é o verdadeiro inimigo, e descobre que não se pode controlar o coração.
"Já naquela época, a beleza e a exuberância eram coisas que tocavam o emu coração, e fiquei completamente enfeitiçada quando me desvencilhei dos escombros."

O primeiro ponto a ser observado aqui é que a protagonista Fei, conseguiu um posto importante em seu vilarejo, não pelos pestígios que o posto lhe daria, mas pela possibilidade de dar uma vida melhor para sua irmã depois que perderam os pais.

O vilarejo se localiza no alto de uma montanha, eles são isolados do resto do mundo por uma avalanche que impossibilita as pessoas de sairem ecultivarem alimentos e e outras coisas, tanto que a sua fonte de alimentação vem de uma caixa que é enviada através de um sistema de cabos em troca de metais estraídos da mina. Todos os moradores do vilarejo são surdos, aos poucos alguns estão ficando cegos, o que diminui o número de trabalhadores, conseguentemente a extração da mina diminui e também a comida que chega para eles.

O vilarejo possui uma hierarquia e cada morador acaba ocupando uma posição específica, o que também define algumas coisas em sua vida como a quantidade de alimento recebido, com quem você pode se casar e por aí vai. Os artistas são responsáveis por retratar através de pinturas o que aconteceu no vilarejo, deixando todos informados sobre o que anda acontecendo, cada aprendiz tem um posto de observação de onde deve obesrvar o que acontece sem intrometer, na realidade. Os fornecedores são responsáveis por negociar junto a cidade - no caso o guardiçao dos cabos - a troca dos metais por comida. Já os mineradores são de fato a força do vilarejo e quem coloca a mão na massa.

Os artistas são os que recebem mais alimentos, seguido por fornecedores e mineradores, por fim, sem nenhum valor de fato para o vilarejo temos os pedintes, pessoas que além de surdas ficaram cegas e não podem trabalhar, o que as faz depender da boa vontade dos outros para lhe dar algum alimento, mas acabam ficando com aqueles que os outros não comem, como pães mofados.

O livro nos apresenta a realidade de uma aldeia que acredita depender da boa vontade dos outros e não conseguem ver que andam sendo explorados, e quando essa exploração é descoberta, as pessoas se mostram relutantes e revoltadas, afinal, dois moradores terem ido na cidade tentar descobrir o que aconteceu fez com que a comida se tornasse mais rara, o que pode vir a se tornar o fim do vilarejo.

Apostando todas as chances em uma lenda, os moradores resolvem fazer o que Fei pede, despertando assim uma ligação com os pixius, seres mágicos que a muitos tempo viverem em harmonia com os moradores do vilarejo, mas acabarams e afastando o que fez com que eles se sentissem abandonados, já que foi depois que os pixius sumiram que as doenças começaram a acontecer no vilarejo.

O livro nos mostra uma história de coragem para ir contra a ganância, corrupção, ignorância voluntária e acima de tudo resistência a mudança - mesmo que seja para melhor - mas vemos uma protagonista que por vezes abriu mão de coisas que a fariam feliz - ou de sua segurança - por um bem maior, com o objetivo de ajudar pessoas que muitas vezes a trataram como só mais uma.

O livro nos faz ainda ter uma ideia de como é a vida e a dificuldade de comunicação entre as pessoas - principalmente com os surdos - mostrando como eles mesmos passam por enormes dificuldades muitas vezes ao encontrarem pessoas que não conseguem se comunicar com eles. O início do livro se mostrou um pouco cansativos, mas nada que atrapalhasse de fato a leitura, já que quando Fei e Li resolvem fazer algo o ritmo da história muda completamente e você fica querendo saber oq ue vai acontecer em seguida.


10 comentários:

  1. Olá!

    Estou querendo muito ler esse livro esse ano. Ia solicitar ano passado para a editora, mas resolvi pegar outro no lugar. Estou bem curiosa em relação ao livro. Espero amar de verdade a leitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi,
      Eu não esperava que fosse gostar tanto, mas me surpreendi.
      Quando ler conta pra gente o que achou.

      Excluir
  2. olá, Gabyh... já tinha ouvido falar do livro tem um bom tempo, mas tenho o pé atrás com a escrita da autora... porém, a ambientação me deixou beeem curiosa... seeu der outra chance pra Mead, será com a leitura desse livro...
    bjs ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria,
      Qual o motivo do pé atrás com a autora? Eu nunca tinha lido nada dela e gostei bastante.
      Acho que o legal desse livro é que ele foge de tudo aquilo que estamos acostumados a ver... Acho que vale a pena.
      Se der outra chance pra autora conta pra gente...

      Excluir
  3. Não conhecia este livro, as o fato de tratar sobre dificuldade de comunicação me deixou bastante interessada. Vou busca saber mais sobre ele!

    Bj
    www.livrosdabeta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu achei um livro bem interessante, proure mais coisas sim, e se puder leia, acho que vale a pena.

      Excluir
  4. Acho que até hoje li apenas um livro onde o personagem era surdo. Os temas que o enredo envolve são atuais como ganância e corrupção, e sempre rendem boas histórias.
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse foi meu primeiro livro com um personagem surdo, e eu gostei bastante, no início achei confuso, mas a história é ótima.

      Excluir
  5. Oii, simplesmente estou louca para ler esse livro. Acho a história e trama muito bons e com certeza atiçaram a minha curiosidade e interesse em ler a mesma.

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia sim vale a pena. No meu caso ele foi bem diferente de tudo que estou acostumada a ler, mas amei assim mesmo.

      Excluir

Todos os direitos reservados @2016 - Programação: Algodão Doce Design