Vamos falar de Trolls


O que falar de um filme que é uma fofura sem fim? Tudo bem, admito que tem muitos momentos que dá pra ficar estressado com a Poppy, mas não por ela em si, mas vamos combinar, ter que abraçar todo mundo de hora em hora deve ser bem chato mesmo, o que faz com que eu me sinta muito mais familiarizada com o Tronco.

A Árvore Troll, era o lar de todos os Trolls, seres pequenos, coloridos e MUITO felizes. Do outro lado temos os Bergens, criaturas que moram na Cidade Bergen e são completamente infelizes.

Com inveja da felicidade dos Trolls, os Bergens enjaularam a Árvore Troll - e seus moradores -, para que uma vez por ano em um evento chamado de Trollstício, cada Bergen da cidade teria o dirito de comer um Troll e assim poder sentir felicidade por um momento em sua vida, assim foi feito por muitos anos.

No dia em que o Príncipe Grisle Jr. iria provar o seu primeiro Troll - a Princesa Poppy -, o Rei dos Trolls consegue liderá-los para uma fuga que os leva para longe da cidade de Bergen, salvando a todos de se tornarem refeição.

O Rei Gristle I culpa a Chef pelo fracasso do primeiro Trollstício de seu filho - que NUNCA poderá ser feliz. Como punição a Chef é banida da cidade, ela jura que irá encontrar os Trolls e com isso o retorno do Trollstício.

Vinte anos se passaram desde a fuga dos Trolls da cidade Bergen até o dia em que Poppy - a princesa - e a troll mais feliz do mundo, resolve fazer uma festa.

A princesa da história dos Bergens, mas nunca enfrentou um problema de verdade em sua vida, sempre cercada dos amigos, ela acredita que qualquer um possui felicidade desntro de si, mesmo os mais paranóicos - como Tronco -, então tudo para ela é motivo para uma grande festa com muita música e brilho, e como todo o reino convidado.

Tronco é o Troll mais paranóico e mal-umorado do reino - ninguém sabe ao certo o porque -, ele procura avisar a princesa que essa sua festá irá atrair os Bergens, mas ele não é levado a sério por ninguém, já que em todos esses anos eles nunca tinha visto um Bergen.

Poppy resolve dar a festa assim mesmo e acaba revelando - sem saber - a localização dos Trolls para a Chef que captura seus melhores amigos, enquanto o Rei acredita que agora eles devem ir para um novo local, Poppy se mostra determinada em ir salvar seus amigos, para isso ela precisa da ajuda de Tronco, o Troll que mais sabe sobre os Bergens.

Mesmo sendo bem diferentes, os dois embarcam em uma grande aventura para salvar os amigos da princesa e acabam descobrindo uma forma de mostrar aos Bergens que eles podem ser felizes sem necessariamente comer um Troll, mostrando o seu ponto e fazendo com que eles percebam que podem fazer isso sem voltarem a ter o Trollstício.


Mas independente de gostos pessoais, vamos combinar, o filme tem uma ótima trilha sonora, vem ver algumas múscias com a gente...



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os direitos reservados @2016 - Programação: Algodão Doce Design