[Resenha] Espírito Errante - Michelle Paver

Título: Espírito Errante
Série: Crônicas das Trevas Antigas
Autora: Michelle Paver
Páginas: 288
Editora: Rocco Jovens Leitores
Lançamento: 2007
Nota: 3/5
Skoob
Em 'Espírito Errante', segundo de seis livros que compõem a série Crônicas das Trevas Antigas, cujas aventuras tornaram-se fenômeno de vendas no mercado internacional, colecionando milhares de fãs mundo afora com uma saga passada há seis mil anos, na Idade da Pedra, a escritora Michelle Paver conta uma história sobre amizade, traição e auto-sacrifício.
Neste volume, Torak, um menino fora-de-série, que tem o dom de conversar com lobos, precisa vencer os Devoradores de Almas e encontrar a cura de uma horripilante doença que abate o seu clã.
O caminho, no entanto, revela-se perigoso e uma ameaça invisível pode pôr fim ao seu objetivo - mas várias vidas dependem de Torak, que, valente, enfrentará até mesmo quem irá atraiçoá-lo e mudar sua sorte para sempre.
"Era apavorante estar no mundo da Mãe Mar, em meio a um caos rodopiante de água turva e algas escuras."

Nesse livro continuamos a viagem através da pré-história, e a autora continua a nos mostrar vários olhares diferentes. Torak agora está vivendo com o Clã do Corvo, mas desde que derrortou o urso ele não viu mais Lobo e a saudade o machuca, mas ele nem imagina que um novo perigo espreita na floresta, ameaçando todos os Clãs.

Sem um motivo aparente as pessoas, de diferentes Clãs, estão ficando doentes, deixando todos em alerta e a perda de um amigo próximo faz com que Torak saia em busca de uma cura, se é que ela existe. Torak andava meio sem rumo até que em meio a floresta até que escuta quando dizem que a cura está no mar, e é para o mar então que ele se dirige.

Ele se encontra então com o Clã das Focas, que em um primeiro momento não é amigável, e Torak precisa provar para eles que são parentes de osso que que o próprio Torak não é o inimigo, somente uma pessoa mal instruída sobre os costumes dos Clãs que vivem mais próximos da Mãe Mar.

Torak ainda age como uma criança que vai atrás do que quer sem pensar nas consequências, ele prefere agir por seus impulsos ao invés de confiar nos conselhos e caminhos apontados por pessoas que ele já conhece e que já conquistaram o seu coração, porém isso o leva a vários riscos que o garoto nem sequer imaginava.

A história termina de uma forma envolvente nos mostrando que existem muito mais segredos envolvidos nisso do que imaginamos anteriormente, e deixando um ótimo gancho para os próximos livros.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os direitos reservados @2016 - Programação: Algodão Doce Design