[Resenha] Escolhida - P. C. Cast e Kristin Cast

Título: Escolhida
Série: House of Night
Autoras: P. C. Cast e Kristin Cast
Páginas: 295
Editora: Novo Século
Lançamento: 2009
Nota: 3/5
Skoob
Neste terceiro livro da série House of Night os acontecimentos tomam um rumo misterioso e perturbador.
Zoey tenta encontrar uma solução para ajudar Steve Rae, que luta para manter sua frágil humanidade, antes que ela se transforme em um monstro. Entretanto, salvar sua melhor amiga significa ir contra Neferet, e para conseguir o que quer, Zoey acaba se aliando a uma inesperada pessoa, tornando-se sua confidente e parceira.
Para complicar, o horror atinge a Morada da Noite quando dois assassinatos ocorrem. Zoey se vê num drama pessoal e numa posição realmente delicada. Deve guardar segredos, até mesmo de seus amigos, tomar decisões muito importantes, e agora que acabou se envolvendo com um terceiro cara, deverá lidar com os três, já que não consegue se decidir entre eles.
"Damien e Erik eram meus melhores amigos e eu odiava mentir para eles, apesar de essas mentiras serem, na maioria das vezes, omissão."

Ao terminar o terceiro livro da série, é fácil perceber que ela é repleta de altos e baixos. É fácil ver que Zoey está cada vez mais enrolada em confusão, mas sejamos sinceros, quem nunca fez uma besteira na vida não é mesmo? Porém é fácil perceber o amadurecimento da personagem assim como ela passa a aceitar as consequências de suas escolhas, mesmo que isso a machuque de alguma forma.

Esse livro mostra os algumas pessoas virando as costas para Zoey, assim como a protagonista se aliando a outras pessoas um tanto inesperadas, além de algumas mudanças, não que isso justifique o que aconteceu, mas passa a ser mais fácil para os outros talvez entender oo motivo das escolhas de Zoey em omitir algumas informações. Ainda conhecemos novos vampiros, os Filhos de Erebus, ou de forma mais resumida guerreiros, que vieram para a Morada da Noite após o assassinado da professora Nolan, o que abalou bastante tanto vampiros quanto novatos.

Que Aphrodite fez muitas besteiras nos livros anteriores, isso não é novidade, mas nesse ela começa a ser redimir um pouco ao tentar ajudar Zoey a resolver seus problemas, afinal as duas são as únicas novatas que conseguem esconder algo da Grande Sacerdotisa. Zoey acha que está apaixonada por um Lorem que no fim, só a estava enganando a mando de Neferet para conseguir afastar Zoey de seus amigos, o que acontece com sucesso, mas de uma forma bastante cruel, tudo graças a um Erik que ainda está bem magoado com a protagonista.

Mais no final do livro somos apresentados a um novo tipo de vempiros, mas sem termos muita informação sobre eles, afinal esse novo tipo de vampiro também parece ser uma novidade para os personagens.

No geral esse livro se mostra mais intrigante que os anteriores e mantém a linguagem fácil utilizada pelas autoras.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os direitos reservados @2016 - Programação: Algodão Doce Design