Casa é onde tá o meu chapéu #1: Brașov

[caption id="" align="alignnone" width="1024"] AKA: Corona, Kronstadt, Brassó[/caption]

Existem várias cidades que são consideradas lindas. Milão, Roma, Paris, Londres, Reims, Granada, Barcelona, Nova York, Londres, Tóquio, Berlin e Porto, por exemplo. Essas são aquelas cidades que você conhece mesmo sem conhecer. Que já apareceram em séries, filmes, novelas, livros, histórias em quadrinhos, etc.

[caption id="" align="alignnone" width="2700"] Todo mundo já sabe aonde fica Paris, então vamos descobrir outro lugar[/caption]

Mas também existem lugares que não aparecem na mídia e mesmo assim são lugares incríveis. Hoje o Geek Legend começa a escrever sobre alguns desses lugares que talvez não sejam tão conhecidos mas mesmo assim são interessantes, lindos, curiosos ou que simplesmente valham sua atenção. Alguns desses lugares foram visitados por nós e alguns recomendados por leitores e amigos.

Para começar vamos abrir com a minha atual residência: Brașov (leia-se "Brashov")



Brașov é uma cidade no centro da região da Transilvânia, no centro da Romênia. Sim. A mesma Transilvânia do Drácula e de outras histórias de vampiros.

[caption id="" align="aligncenter" width="660"] Blé blé blé[/caption]

Pontos turísticos


Igreja negra


A Igreja negra é uma igreja luterana construída pela comunidade alemã em 1477.



Ela tem esse nome por ter queimado e ficado com as pedras pretas após um incêndio em 1689. Uma das histórias mais incríveis dessa igreja fala sobre uma pintura - tapeçaria ou mural, eu honestamente não lembro qual :P - da Virgem Maria. Quando o fogo tomou a igreja ele queimou tudo na volta dessa pintura. Mas não tocou nela, com exceção do vestido da Virgem, que mudou de cor, de azul para preto.

No topo da igreja tem a estátua de um menino que, segundo a lenda, era um aprendiz de escultor muito talentoso. O seu professor, com inveja do talento do guri e com medo de perder seu posto para ele, o mandou trabalhar no topo da igreja e, quando o aprendiz estava trabalhando em uma das colunas, o professor o empurrou para baixo, matando-o na queda.

[caption id="" align="aligncenter" width="646"] O guri no telhado da igreja[/caption]

Torres branca e negra


Torre Branca


A torre branca foi construida em 1494 no topo de uma rocha. A torre tem 5 andares e ganhou seu nome por causa do cal que cobre suas paredes.


Torre Negra


A torre negra é uma torre imponente de 11 metros com um teto de vidro construído em 1995. A torre foi construída no século 14 e aguentou dois incêndios causados por raios. Após o primeiro incêndio, em 1599, a torre foi nomeada "Torre Negra". A entrada, à dois metros de altura do chão, só podia ser acessada por uma escada removível. A ligação com a cidadela era feita através de um túnel subterrâneo. A torre foi construída para a defesa da cidade e a ultima vez que ela funcionou como torre de vigia foi em 1756, durante uma epidemia da peste negra.


Cidadela




Estrategicamente situada com vista para a cidade e as planícies ao norte, a cidadela é parte do sistema de fortificação externa de Brasov. Em 1524, as primeiras paredes de defesa de madeira foram erguidas, substituídas entre 1554 e 1690, por quatro enormes bastiões de pedra que você pode ver hoje.



A cidadela foi abandonada no século 17, depois que as inovações tecnológicas fizeram canhões mais fortes do que a estrutura dela.

Tampa




A montanha com vista para Brasov é um habitat para o urso marrom, raposas, linces, javalis, borboletas e uma grande variedade de aves, incluindo o corvo, a coruja Ural, o pica-pau preto, a Trepadeira-azul e muitos outros. Uma caminhada até o topo leva cerca de uma hora e você tem várias trilhas com diferentes níveis de dificuldade para escolher. Você também pode subir o Monte Tampa por teleférico a uma altitude de 940m.

[caption id="" align="aligncenter" width="1024"] A vista do mirante no topo da montanha[/caption]

[caption id="" align="aligncenter" width="640"] O pé da montanha durante o outono[/caption]

Na década de 50, quando o nome Brasov foi trocado para Orasul Stalin - Cidade de Stalin -, árvores foram cortadas para que o nome do grande ditador aparacesse na encosta de frente para a cidade velha - centro de Brasov. A natureza se recuperou dessa porrada, e o monte agora é uma reserva natural. Do topo tu vais claramente ser capaz de distinguir as diferentes partes do Brasov: a parte alemã da cidade tem centenas de telhados vermelhos amontoados entre as ruas retas em torno Piata Sfatului, enquanto o distrito romeno Schei para o sul - esquerda - é um spaghetti de pequenas ruas, casas e cemitérios desordenados, se espalhando para as colinas. Na planície são os acréscimos posteriores à Brasov: as expansões nos séculos 18 e 19 e, claro, os apartamentos e fábricas enormes dos últimos 50 anos.

Esportes


Romenos amam esportes, e Brasov tem sua presença em vários. Os mais importantes são o time de Hockey da cidade o Corona Brasov Wolves - que é bom, diga-se de passagem) - e o FC Brasov, o time de futebol da cidade... Esse... Bom, eles jogam. Não tão bem. Ou bem. Ou aceitavelmente. Mas jogam. :)



Nessa temporada o Corona ficou em terceiro lugar na liga nacional. E o FC Brasov tá na segunda divisão nacional... Eles já foram campeões 6 vezes na segunda divisão. E a melhor colocação da história do time foi 1959-60, quando ficaram em segundo lugar da primeira divisão.


Comida


Bulz


Um prato tradicional da região de Brasov composto por polenta cozida recheada com queijo - gordo - de ovelha colocado no forno, servido com nata azeda e ovo frito. E é muito bom :)


Música e dança


Brașoveancă


Um exemplo de musica tradicional romena e Brasoveana, Brasoveanca:

[embed]https://www.youtube.com/watch?v=CcKDdh-1OSQ[/embed]

Música com vocal:

[embed] https://www.youtube.com/watch?v=T-zTESpmp8M [/embed]

Espero que tenha despertado o interesse de vocês sobre essa cidade maravilhosa.

E, para fechar, fique com mais alguns vídeos daqui:

[embed]https://www.youtube.com/watch?v=xwNtlYX_iYM[/embed]

[embed]https://www.youtube.com/watch?v=9BDhe48ea34[/embed]


2 comentários:

  1. So achei estranha a comida, mas o local é realmente muito lindo. A igreja até se parece com a do filme (Hotel transilvana)

    ResponderExcluir
  2. A comida é um pouco diferente mesmo, mas o lugar é lindo não é?!

    ResponderExcluir

Todos os direitos reservados @2016 - Programação: Algodão Doce Design