[Resenha] Feitiço - Sarah Pinborough

Título: Feitiço
Série: Encantadas
Autora: Sarah Pinborough
Páginas: 247
Editora: Única
Lançamento: 2013
Nota: 4/5
Skoob
Cuidado com o que você deseja!
Para fãs de Once Upon a Time e Grimm, a série Encantadas prova que contos de fadas são para adultos!
Você se lembra da história da Cinderela, com sua linda fada madrinha, suas irmãs feias e um príncipe encantado? Então esqueça essa história, pois nesta releitura de Sarah Pinborough ninguém é o que parece.
Em um reino próximo, a realeza anuncia um baile que encontrará uma noiva para o príncipe e parece que o desejo de Cinderela irá ganhar aliados peculiares para ser realizado. Contudo, não será fácil: ela não é a aposta de sua família para esse casamento real, e sua fada madrinha precisa de um favorzinho em troca de transformar essa pobre coitada em uma diva real.
Enquanto isso, parece que Lilith não está muito contente com os últimos acontecimentos e, ao mesmo tempo em que seu reino parece sucumbir ao frio, ela resolve usar sua magia para satisfazer suas vontades.
Feitiço é o segundo volume da trilogia iniciada com Veneno, um best-seller inglês clássico e moderno ao mesmo tempo em que recria as personagens mais famosas dos irmãos Grimm com personalidade forte, uma queda por aventuras e, eventualmente, uma sina por encrencas. Princesas, rainhas, reis, caçadores e criaturas da floresta: não acredite na inocência de nenhum deles!
"Cinderela o encarou com um frio na barriga que subiu e congelou-lhe o rosto como se fosse gelo."

Mais uma vez a autora Sarah Pinborough nos surpreende com uma história de princesas bem diferente do que conhecemos, afinal, todos sabem da Cinderela, com sua madrasta má e as duas meias-irmãs insuportáveis não é mesmo? Mas essa releitura do conto vai muito além disso, afinal, a fada madrinha não é tão boazinha como conhecemos. A escrita da autora é simples de acompanhar e gostosa de ler, fácil de entender e de se envolver, assim como o primeiro livro esse também conta com uma capa bonita que é fácil deixar sem palavras.

Nessa história encontramos um cenário bem parecido com o da Disney, contudo podemos de fato acreditar em algo que está na sinopse, principalmente o fato de “ninguém é o que parece”, a própria Cinderela, não é aquela garotinha de bom coração que sofre por tudo, muito pelo contrário, vemos uma garota bastante invejosa, que só consegue ver a meia-irmã, Rose, como uma coisinha feia que não mede esforços para ficar bonita; vemos ainda alguns personagens no conto original, a madrasta não é aquela mulher tão ruim como no conto que conhecemos, muito pelo contrário, conhecemos uma mulher que se preocupava com Cinderela, que cuidou dela quando criança e se casou com o pai da menina por amor e não interesse em dinheiro, passamos a ver que ela desistiu de um casamento em que tinha status, era bem vista pelas pessoas e se casou com um homem que não seria capaz de sustentar seu estilo de vida dentro da corte; o pai da Cinderela nessa história ainda está vivo, e se mostra muito relapso com relação à filha, de como as filhas da segunda esposa sempre conseguem o que querem enquanto a própria filha é de certa forma deixada de lado; uma de suas meias-irmãs, Ivy, se casou com um visconde a fim de tentar melhorar de vida, mas isso serviu somente para ela, as vantagens não se estenderam para a mãe e sua outra irmã; sua outra meia-irmã, Rose, se mostra uma mulher mais forte do que imaginamos, ela mostra que se preocupa com Cinderela; a fada madrinha está longe de ser uma pessoa velha e boazinha como conhecemos e ir bonita para o baile tem o seu preço, Cinderela precisa encontrar algo para a fada quando estiver dentro do castelo, e nesse momento começamos a ver várias ligações com a história do livro anterior, afinal a fada madrinha é uma rainha que já conhecemos, isso mesmo, na verdade a fada madrinha é mesmo a madrasta de Branca de Neve, enquanto o único ratinho que é amigo de Cinderela nessa história é o próprio caçador, temos uma participação de um garoto que gosta de tirar dos ricos e dar para os pobres, todo mundo sabe o nome dele não é mesmo?! Esse príncipe que está à procura de uma noiva, já é casado, com uma garota muito bonita e que está adormecida em um caixão de vidro.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os direitos reservados @2016 - Programação: Algodão Doce Design