Resenha | A Mariposa No Espelho (Splintered #1.5) de A. G. Howard

Os fantásticos acontecimentos de O Lado Mais Sombrio se desenvolvem de maneira surpreendente no conto A Mariposa no Espelho, narrado a partir do ponto de vista de Jeb e Morfeu.

Desejando saber mais sobre aquele com quem disputa o amor de Alyssa, Morfeu mergulha fundo nas memórias de Jeb enquanto este permanece preso no País das Maravilhas. Mas o enigmático Morfeu pode encontrar algo com o que não contava.

Nessa nova perspectiva da releitura dark e muito intrigante de Alice no País das Maravilhas, você terá uma amostra deliciosa do que está por vir em Atrás do Espelho.


 Série Splintered | Fantasia | 52 páginas | Ano 2014 | Novo Conceito | Skoob 
Lido em 1 dia | Avaliação 2 estrelas
 
 
"Ele se lembrou dela pairando acima dele – um brilho selvagem, flutuando com a graça de uma libélula. Ver as asas dela brotarem tinha sido ao mesmo tempo assustador e milagroso."
Nesse livro podemos ver que Alyssa voltou para a sua vida normal, ou ao menos para a vida fora do país das maravilhas, e Morfeu está em busca de algo que possa ajudá-lo a reconquistar a protagonista, por esse motivo ele resolve conhecer um pouco melhor o seu 'inimigo' Jebediah para descobrir seus pontos fracos e conhecer seus mais profundos medos.
"Morfeu colocou o narguilé de lado, embora a sensação de queimação em seu peito não tivesse nenhuma relação com o fumo. Alyssa era a única que poderia aplacar o incêndio que havia ali, pois fora ela quem atiçou aquelas chamas."
Jeb não é o tipo de personagem que cativou muitos leitores, na verdade ele é o que fez o livro ser chato pra muita gente, vejo nesse conto uma forma da autora de tentar mostrar como o amor dele por Alyssa é grande, a fim de conquistar fãs para o personagem, mas ainda sim não convenceu.
"Imaginar Jebediah com Alyssa, mostrando a ela os caminhos do amor, domando seu espírito selvagem com suas corriqueiras convenções humanas, queimou a garganta de Morfeu com o sabor amargo da inveja."
Esse livro não é algo que preciso necessariamente ser lido antes do segundo, os pontos mencionados nele são os mesmos já relatados no primeiro livro, só que agora vemos as coisas de um outro ponto de vista.

Não é um livro que tenha algo que acrescente na história, é um ponto que pode ser tido até como dispensável, caso a pessoa não tenha muita disponibilidade de tempo é melhor focar na série como um todo, não vemos nada aqui que vai esclarecer algum ponto a mais sobre algum personagem ou seus planos.
"Manter-se afastado da amiga fez com que ele sentisse o gosto da solidão pela primeira vez."


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os direitos reservados @2016 - Programação: Algodão Doce Design